terça-feira, 26 de maio de 2015

domingo, 10 de maio de 2015

Ainda e a propósito da Semana dos Media

A semana dos Média teve como pretensão despertar e desenvolver as Literacias dos Média, junto dos alunos.

Numa era em que, apoiados nas tecnologias de informação e comunicação, cada vez mais cidadãos acedem à palavra e à voz no espaço público, as questões da liberdade – e da consequente responsabilidade – colocam-se ainda com mais premência, como desafio à qualidade da vida pública, na sociedade global. Daí o início da Operação SETE DIAS COM OS MEDIA a 3 de maio, DIA MUNDIAL DA LIBERDADE DE IMPRENSA( in:portal 7 dias com os Média)

A biblioteca em articulação coma disciplina de Português, propôs algumas atividades. As imagens  ilustram-no










terça-feira, 5 de maio de 2015

7 DIAS COM OS MEDIA

DE 3 A 12 DE MAIO 2015


ATIVIDADES:

DEBATES TEMÁTICOS - EXPOSIÇÃO DE JORNAIS E REVISTAS - LEITURA PRESENCIAL - ELABORAÇÃO DE NOTÍCIAS DIGITAIS



VEM À BIBLIOTECA. PARTICIPA!

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Dia Mundial do Livro



Um Livro para ti! o livro foi motivo de uma cantata musical pelos alunos do 2.º ciclo e de uma coreografia bailada pelos alunos do 1.º ciclo. Os livros saíram das estantes para irem de encontro aos leitores, no átrio da escola EB123 Augusto Moreno, teve lugar ainda uma feira do livro trocado.


quarta-feira, 22 de abril de 2015

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA – II FASE

É o próximo dia 24 de abril que iremos pôr à prova as competências leitoras distritais, em Carrazeda de Ansiães.

O Agrupamento de Escolas Abade de Baçal será representado por 4 equipas, respetivamente:

Izeda – Alunos do 3º ciclo

Augusto Moreno – 3º ciclo

Abade de Baçal – 3º ciclo e secundário.



O desafio já começou!

Programa

DIA MUNDIAL DO LIVRO

DIA MUNDIAL DO LIVRO -23 de abril de 2015
O LIVRO EM FESTA 
O Dia Mundial do Livro celebra a leitura, o livro e o direito de autor.
Os livros saem das prateleiras para ficarem mais perto dos leitores. À evocação juntam-se Camões, Miguel de Cervantes, William Shakespeare e Garcilaso de la Vega, autores da literatura universal!
Junta-te à celebração!




AS ÁRVORES E OS LIVROS
As árvores como os livros têm folhas
e margens lisas ou recortadas,
e capas (isto é copas) e capítulos
de flores e letras de oiro nas lombadas.
E são histórias de reis, histórias de fadas,
as mais fantásticas aventuras,
que se podem ler nas suas páginas,
no pecíolo, no limbo, nas nervuras.
As florestas são imensas bibliotecas,
e até há florestas especializadas,
com faias, bétulas e um letreiro
a dizer: «Floresta das zonas temperadas».
É evidente que não podes plantar
no teu quarto, plátanos ou azinheiras.
Para começar a construir uma biblioteca,
basta um vaso de sardinheiras.

Herbário, Jorge Sousa Braga




UM LIVRO
Levou-me um livro em viagem
não sei por onde é que andei
Corri o Alasca, o deserto
andei com o sultão no Brunei?
P’ra falar verdade, não sei
Com um livro cruzei o mar,
não sei com quem naveguei.
Com marinheiros, corsários,
tremendo de febres e medo?
P’ra falar verdade não sei.
Um livro levou-me p’ra longe
não sei por onde é que andei.
Por cidades devastadas
no meio da fome e da guerra?
P’ra falar verdade não sei.
Um livro levou-me com ele
até ao coração de alguém
E aí me enamorei –
de uns olhos ou de uns cabelos?
P’ra falar verdade não sei.
Um livro num passe de mágica
tocou-me com o seu feitiço:
Deu-me a paz e deu-me a guerra,
mostrou-me as faces do homem
– porque um livro é tudo isso.
Levou-me um livro com ele
pelo mundo a passear
Não me perdi nem me achei
– porque um livro é afinal…
um pouco da vida, bem sei.
O G é um gato enroscado, João Pedro Mésseder




sexta-feira, 17 de abril de 2015

25 DE ABRIL, SEMPRE...




Esta é a nossa singela homenagem a um dos momentos mais importantes da história social, politica e humana de Portugal.

"Democratizar, Descolonizar e Desenvolver foi o lema que então fez regressar Portugal ao fórum das nações livres e amantes da paz." (Vasco Lourenço)